História


Originárias das Américas, as pimentas parecem ter surgido 7.000 anos a.C. na região do México Central. Acredita-se que as primeiras pimentas consumidas tenham sido coletadas de plantas selvagens e usadas como medicamento, uma prática comum dos povos maias.

Depois disso as pimentas passaram a ser cultivadas pelos índios americanos, mas só chegaram bem mais tarde aos continentes europeu, africano e asiático, após o descobrimento do Novo Mundo.

Vale lembrar que a história do descobrimento do Brasil está diretamente ligada às Grandes Navegações realizadas pelos portugueses com o intuito de monopolizar o comércio de especiarias como a pimenta, a canela e o açafrão. Segundo historiadores, o país foi descoberto depois que a embarcação de Pedro Álvares Cabral saiu de sua rota original, rumo à Índia.

Seja como for, as pimentas são hoje encontradas em quase todos os lugares e consideradas, depois do sal, o condimento mais utilizado em todo o mundo.